About Ashoka Brasil

A Ashoka é uma organização sem fins lucrativos que lidera um movimento global para criar um mundo no qual todas e todos se reconheçam como agentes de transformação positiva na sociedade. Criada em 1980 na Índia e presente desde 1986 no Brasil, considerada a 5ª ONG de maior impacto social no mundo, segundo a publicação suíça NGO Advisor.

Para atingir nosso objetivo atuamos como um importante elo de pessoas, de organizações e de setores. Já reconhecemos mais de 3.500 empreendedores sociais no mundo todo, 379 no Brasil, e 300 Escolas Transformadoras, 18 delas no país.

Nossa estratégia é criar redes e vínculos que proporcionem o fortalecimento de uma massa crítica capaz de incidir em políticas públicas e em instituições -governamentais, não-governamentais e empresariais-, produzir conhecimento e dar visibilidade a soluções inovadoras e de impacto sistêmico para problemas sociais.

O trabalho da Ashoka visa cocriar uma sociedade na qual:

  • Todas as crianças desenvolvam sua empatia desde os primeiros anos de vida;
  • Todo jovem se reconheça como agente de transformação;
  • As equipes sejam colaborativas e empáticas nos diferentes tipos de instituições.

A Ashoka acredita que esses são alicerces para os fundamentos de uma sociedade na qual todas as pessoas tenham a oportunidade de ser protagonistas de sua história e das mudanças necessárias para a cocriação de um mundo mais justo para todas e para todos.

Connect with Ashoka Brasil

Telephone - +55 11 3085-9190
Address:
Rua Carlos Comenale, 263, 3° andar
Bela Vista
São Paulo - SP
01332-030
Brazil

Our Programs

A atuação da Ashoka Brasil está focada em três grandes áreas:

  • Empreendedorismo social;
  • Infância e juventude;
  • Equipes de equipes.

Todos os nossos programas e projetos são pensados estrategicamente para que possamos cocriar uma sociedade na qual todas e todos sejam agentes de transformação.

Além disso, desenvolvemos um conjunto de ferramentas estratégicas com base na experiência do programa Changemakers, que nos ajudam a entender com profundidade as inovações sociais e os principais desafios da área, de acordo com os temas a serem analisados.

Empreendedorismo social

 

Há quase quatro décadas a Ashoka vem trabalhando no reconhecimento de empreendedoras e de empreendedores sociais no mundo todo, conhecidos no termo em inglês como “Ashoka fellows”. Essas pessoas são reconhecidas por encabeçarem e alavancarem grandes transformações sociais devido à sua capacidade de liderança, criatividade, empatia e comprometimento para resolver problemas sociais de forma efetiva, inovadora e sistêmica.

É a partir da Rede de Empreendedores e de Empreendedoras Sociais que a Ashoka identifica tendências e alavanca a transformação social. A Ashoka é a organização pioneira no mundo a utilizar o termo empreendedorismo social e é a referência global na solidificação do setor.

São mais de 3.500 empreendedores sociais reconhecidos pela Ashoka no mundo todo, 379 no Brasil, em diversas áreas de atuação: meio ambiente, direitos humanos, saúde, desenvolvimento econômico, educação e participação cidadã.
 

Brasil Fellows

Processo de Reconhecimento de Empreendedor(a) Ashoka 

O processo de reconhecimento de empreendedor(a) Ashoka está centrado na pessoa e em sua solução inovadora de amplo impacto social. Nós reconhecemos empreendedoras e empreendedores sociais cujo impacto social já é mensurável e sentido. Ou seja: não reconhecemos ideias em estágios iniciais de implementação. O processo de reconhecimento é rigoroso e baseia-se em uma avaliação tanto da trajetória pessoal como da profissional da(o) candidata(o) por membros das equipes da Ashoka Brasil e da global e por outras e outros empreendedores sociais, utilizando para isso os cinco critérios da Ashoka:  inovação, perfil empreendedor, criatividade, impacto social e fibra ética.

Processo Reconhecimento

O que nós não selecionamos:

A Ashoka não apoia financeiramente nem patrocina projetos, cursos e trabalhos assistenciais. Para as pessoas que atualmente estão ligadas ao governo, seja em nível municipal, estadual e/ou federal, a Ashoka busca integrá-las em suas iniciativas temáticas ou articulá-las com empreendedoras e empreendedores sociais que estejam influenciando em políticas públicas. No entanto, essas pessoas não estão aptas a integrar a Rede Ashoka de Empreendedoras e de Empreendedores Sociais.

 

Prazos e etapas:

A busca e seleção de novas e de novos empreendedores sociais não acontece em prazos determinados. Recebemos indicações de candidatas e de candidatos em qualquer época do ano. No entanto, isso não significa que a análise da candidatura tenha uma data exata para acontecer. O processo de análise das candidaturas varia de acordo com o volume de iniciativas que chegam e dos recursos disponíveis e pode durar alguns meses.

Depois do preenchimento desta ficha, seu perfil será analisado de acordo com os critérios Ashoka. Dependendo da avaliação, você será convidada(o) para continuar no processo de reconhecimento ou não. Não há um prazo definido para essa avaliação.

Para nomear um empreendedor social, clique aqui.

Para se autonomear, clique aqui.

 

Rede Ashoka de empreendedores sociais

Uma vez reconhecido como parte da rede Ashoka, empreendedor ou empreendedora social tem acesso a uma série de oportunidades.

  • Programa Take-Off Lab: programa de apoio não financeiro ao Empreendedor Social em seus 3 primeiros anos de integração à Rede Ashoka. Oferece apoio customizado ao empreendedor social com diagnóstico dos principias desafios, oferecendo aconselhamento estratégico e em gestão, coaching, mentoria, indicação de pro bono jurídico, contatos com potenciais parceiros, viabilização de intercâmbios com empreendedores da rede, indicação a participação em Programas de Treinamento desenvolvidos pela Ashoka e seus Parceiros.
  • Integração à Rede de Empreendedores Sociais: visa a fomentar o intercâmbio de metodologias, experiências e conhecimentos entre os empreendedores do Brasil e do mundo.
  • Reconhecimento: a fim de fortalecer o setor social, a Ashoka divulga o trabalho de seus empreendedores sociais, nomeia-os para prêmios nacionais e internacionais, e alimenta a imprensa com suas soluções inovadoras.
  • CCES Parceria Ashoka-McKinsey: o Centro de Competências para Empreendedores Sociais Ashoka-McKinsey desenvolve, dissemina e implementa conhecimento e técnicas de estratégia e de gestão

Fellowship - Apoio à Rede

 

Ao passar pelo processo de seleção e se tornar membro(a), o Empreendedor(a) Social passa a ser apoiado(a) ao longo de toda a sua trajetória. Esse apoio é feito, sobretudo, através do programa Fellowship. Veja alguns exemplos de suportes:

  • Programa Take-Off Lab: programa de apoio não financeiro ao Empreendedor Social em seus 3 primeiros anos de integração à Rede Ashoka. Oferece apoio customizado ao empreendedor social com diagnóstico dos principias desafios, oferecendo aconselhamento estratégico e em gestão, coaching, mentoria, indicação de pro bono jurídico, contatos com potenciais parceiros, viabilização de intercâmbios com empreendedores da rede, indicação a participação em Programas de Treinamento desenvolvidos pela Ashoka e seus Parceiros.
  • Integração à Rede de Empreendedores Sociais: visa a fomentar o intercâmbio de metodologias, experiências e conhecimentos entre os empreendedores do Brasil e do mundo.
  • Reconhecimento: a fim de fortalecer o setor social, a Ashoka divulga o trabalho de seus empreendedores sociais, nomeia-os para prêmios nacionais e internacionais, e alimenta a imprensa com suas soluções inovadoras.
  • Bolsa-auxílio: a Ashoka poderá investir no(a) empreendedor(a) social por meio de uma bolsa-auxílio de, no máximo, 3 anos. Esse investimento financeiros acontece apenas em casos nos quais são verificados 1) a necessidade de recurso financeiro para que o(a) empreendedor(a) dedique-se integralmente à iniciativa inovadora e; 2) a existência de parceiros apoiadores.
  • CCES Parceria Ashoka-McKinsey: o Centro de Competências para Empreendedores Sociais Ashoka-McKinsey desenvolve, dissemina e implementa conhecimento e técnicas de estratégia e de gestão adaptados do setor privado para o setor cidadão, através da criação de programas estruturados e projetos pontuais de capacitação e de consultoria, realizados por colaboradores voluntários da McKinsey para empreendedores sociais da rede Ashoka.

Quer ser um parceiros e colaborar com essa rede de soluções inovadoras? É um empreendedor social da rede da Ashoka Brasil e quer saber mais sobre Fellowship? Entre em contato com Deise Hajpek (dhajpek@ashoka.org). 

Grow2Impact

G2I Logo

A Ashoka atua para desenvolver e apoiar empreendedores sociais a níveis local, regional e global, acompanhando seu crescimento após entrada na Rede Ashoka.

Para apoiar esses empreendedores na modelagem de projetos de impacto social sistêmico com um componente de sustentabilidade financeira, a Ashoka Brasil criou o Programa GROW2IMPACT, uma metodologia inovadora de colaboração entre setores para capacitação de organizações sociais na construção de seus modelos de negócio social. Selecionamos, através de edital, organizações de empreendedores sociais Ashoka que já possuam um produto ou serviço estruturado e discurso adaptado ao mercado, mas que necessitem de apoio para modelar seu plano de negócio a fim chegar mais rápido ao ponto de equilíbrio financeiro e sustentabilidade para escalar seu impacto.

O principal objetivo do Programa GROW2IMPACT é capacitar líderes, gestores e equipes de organizações sociais para estruturar protótipos de modelos de negócios sociais sustentáveis capazes de gerar transformações e solucionar desafios sociais e ambientais com amplo impacto sistêmico.

Em três edições do programa, os nossos resultados foram os seguintes:

G2I Resultados

E, a seguir, apresentamos o mapa regional de organizações apoiadas pelas últimas edições do programa.

G2I Brasil

Ashoka Support Network

ASN_br_06
ASN_br_07
ASN_br_01
ASN_br_02
ASN_br_03
ASN_br_04
ASN_br_05

Se você tem interesse em fazer parte dessa rede de empresários e investidores, entre em contato com Juliana Rodrigues (jrodrigues@ashoka.org).

Escolas Transformadoras

Logo Escolas Transformadoras

O programa Escolas Transformadoras é uma iniciativa da Ashoka, organização global que reúne empreendedores sociais de diversas partes do mundo.

Fruto da crença de que todos podem ser transformadores da sociedade, o programa enxerga a escola como espaço privilegiado para proporcionar experiências capazes de formar sujeitos com senso de responsabilidade pelo mundo: crianças e jovens aptos a assumir papel ativo diante das mudanças necessárias, em diferentes realidades sociais e amparados por valores e ferramentas como a empatia, o trabalho em equipe, a criatividade e o protagonismo.

O programa teve início nos Estados Unidos, em 2009, e de lá para cá espalhou-se por 34 países. Hoje conta com uma rede formada por mais de 280 escolas, sendo 18 brasileiras.

No Brasil, a iniciativa foi lançada em setembro de 2015 em uma correalização com o Alana, organização sem fins lucrativos que aposta em projetos que buscam a garantia de condições para a vivência plena da infância.

Após um criterioso processo de reconhecimento, as escolas são convidadas a engajar-se em uma comunidade com diversos profissionais que comungam da visão de que todos podem ser transformadores. Fazem parte desse grupo jornalistas, professores universitários, representantes do poder público e do terceiro setor, especialistas e artistas.

Essa comunidade ativadora entende a criança e o jovem sob uma perspectiva integral do desenvolvimento, em que corpo, emoção e razão não se separam e todos são essenciais para a constituição de pessoas livres, independentes e capazes de se relacionar e agir sobre o mundo de maneira mais empática. As experiências e trajetórias das escolas e dos demais integrantes da comunidade do programa Escolas Transformadoras inspiram e ajudam a ampliar a demanda social por esse tipo de educação.

Quer saber mais? Acesse o site oficial do programa: http://escolastransformadoras.com.br

Board of Directors

Wellington Nogueira é empreendedor social da Ashoka desde 1997 e... ...more
Valdemar de Oliveira Neto, Membro do conselho
Valdemar de Oliveira Neto (Maneto) é um dos primeiros empreendedores... ...more
Yacoff Sarkovas, Membro do conselho
Yacoff Sarkovas é o CEO da Edelman Significa, empresa gerada... ...more
Claudio Sanches, Membro do conselho e da rede ASN
Claudio Cesar Sanches é atualmente Diretor do Itaú Unibanco na... ...more

Staff

Antonio Lovato
Senior Intrapreneur Empathy & Changemaker Schools, Ashoka Brazil
Formado em Engenharia de Gestão pela Universidade Federal do ABC, ...more
Deise Hajpek
Fellowship Coordinator
Formada em administração, pós-graduada em gestão, com uma trajetória profissional ...more
Mirella Domenich
Venture and Fellowship Brazil
Stephanie Haapalainen Ambar
Intrapreneur, Changemakers Latin America Network Manager
Formada em Estudos Globais e de Paz, teve um trajetória ...more
Vitória Moraes
Financial Coordinator
Master in Social management and undergraduated in economics, Vitória has ...more