Estante Ashoka - Um lista de livros para Changemakers!

A Ashoka Global pediu para a nossa Rede enviar sugestões de livros que todo Changemakers deveriam ler. Essa é a tradução para português de The Fellow's Bookshelf. Aproveite!!

Qual livro deve ler uma pessoa que quer mudar o mundo?

Há 37 anos, a Ashoka foi pioneira no campo do empreendedorismo social e continua identificando e dando suporte aos líderes sociais que encontram soluções criativas para os maiores problemas do mundo. Hoje, nós temos a maior rede de empreendedores sociais do mundo - mais de 3.500 em 92 países - que impacta a vida de centenas de milhares de pessoas ao redor do mundo.

As inovações, sabedoria e experiências da nossa rede de empreendedoras e empreendedores sociais nos ensina que nós precisamos construir um futuro equitativo e resiliente, no qual todos sejam agentes de transformação. Quando enviamos nosso recente Global Fellows Survey, nós perguntamos "qual livro todos deveriam ler e por quê?" Nós estamos encantados em apresentar algumas das inspirações da nossa rede, fique agora com a Estante Ashoka.
 

"O Homem em busca de um sentido" (título original Man's Search for Meaning) de Viktor Frankl - Recomendado por Sumaira Abdulali (Índia)

 

Por que esse livro? "’O Homem em busca de um sentido’ documenta as respostas muito diferentes de indivíduos que enfrentaram uma situação intolerável, o Holocausto. Viktor Frankl mantém sua humanidade e habilidade de ver sentido na vida, e é essa habilidade que permite que ele sobreviva com seu interior intacto. Essa é uma lição valiosa para muitos de nós que se encontra em uma situação difícil, às vezes incluindo ameaças e violências, na execução de nossa missão através da mudança social. Traz a tona o fato de que não importa a situação, são nossas próprias decisões e nosso eu interior que determinam as nossas respostas e, em última análise, a nossa própria pessoa, o que nos permitirá fornecer uma liderança apropriada ao interesse público mais amplo.”

 

Aprenda como Sumaira está lutando pela saúde e contra os riscos ambientais da poluição sonora na Índia aqui.

 

 

“The Falling Sky: Words of a Yanomami Shaman” de Davi Kopenawa - Recomendado pelo Dr. Eugenio Scanavino Netto (Brasil)

 

Por que esse livro? “Esse livro conta a história do Shaman Davi Kopenawa e sua dificuldades em defender os territórios perto da Amazônia da destruição e de doenças trazidas por invasores. Davi é grande amigo e herói pessoal; ele é um exemplo da importância da perseverança, coragem, e firmeza, tudo sem perder sua humanidade. Davi compreende que o valor das cosias não está em lutar contra tudo e todos em seu caminho, mas sim entender tudo o que está ao seu redor e como você está lidando com as realidades a serem superadas. Ele entende a importância de respeitar as dificuldades do caminho, e chegar lá semeando um rastro de flores."

 

Saiba como Eugênio está promovendo a educação em saúde e meio ambiente nas comunidades amazônicas aqui.

 

 

“O Poder” (título original The Power de Naomi Alderman - Recomendado por Eleonora Voltolin (Itália)

 

Por que esse livro? "Um romance distópico, porém completamente lúcido, sobre o que leva nosso mundo a ser o que ele é. Por que os homens mandam , qual a raiz do seu poder, e como essa raiz cresceu ao longo dos séculos? Como o mundo seria se as regras fossem ao contrário? O crescente poder das mulheres, nas palavras de Alderman, não é melhor que o dos homens. Mesma violência. Mesmo absolutismo. E ainda "O poder" é um livro feminista profundamente honesto; através da mais ousada analogia, consegue desvendar os jogos físicos, psicológicos, normativos, religiosos e culturais que continuam a subjugar as mulheres. Esse livro vai assustar você. Algumas vezes, duas ou três linhas pulam da página como um punho, acerta o peito do leitor e retornam à página, silenciosos e poderosos. É um livro que muda sua vida."

 

Aprenda como Eleonora está enfrentando o desemprego e as condições injustas de trabalho para os jovens da Itália aqui.

 

 

"Creative Schools: The Grassroots Revolution That's Tranforming Schools" de Ken Robinson - Recomendado por Bernhard Hofer (Austria)

 

Por que esse livro? "Ken Robinson tem a habilidade única de trazer sua experiência e expertise em educação, com histórias animadoras que destacam as melhores práticas em todo o mundo. Esse livro nos mostra muitos exemplos de como pioneiros estão transformando a educação de baixo para cima, dividindo em padrões simples. Esse livro definitivamente nos ajuda a ter inspiração, novas ideias e um profundo senso de que mudanças sistemáticas podem acontecer - até mesmo nas escolas."

 

Aprenda como Bernhard está criando um ecossistema de apoio à aprendizagem para estudantes e inspirando um movimento administrado por estudantes para incluir habilidades de transformação nos sistemas educacionais da Áustria aqui.

 

 

“Longa Caminhada Até a Liberdade” (título original Long Walk to Freedom) de Nelson Mandela - Recomendado por Mel Young (Inglaterra)

 

Por que esse livro? "Mandela é um agente de transformação inspirador que compartilha sua vida nesse livro. Seus anos de infância formativa formaram seu senso de comunidade e justiça. Seus anos na cadeia mostram seu espírito e incessante senso de injustiça que derrubou as paredes da prisão sem que uma pedra fosse atirada. Seu perdão e liderança mudaram completamente a sociedade e destruíram um sistema maléfico e racista. Ele nos ensina a nunca desistir e mostra como changemakers com uma visão de o que é certo podem mudar o mundo para melhor."

 

Saiba como Mel está usando o futebol para engajar e empoderar pessoas desabrigadas em todo o mundo aqui.

 

 

“O Negócio é Ser Pequeno” (título original "Small is Beautiful: Economics as if People Mattered”) de E. F. Schumacher - Recomendado por Haron Wachira (Quênia)

 

Por que esse livro? "Eu li O Negócio é Ser Pequeno quando eu tinha 22 anos, e desde então adotei dois princípios de empreendedorismo que tem me servido bem através dos anos. O primeiro: use a tecnologia apropriada acima de tudo. Na minha jornada empreendedora, eu desenterrei o primeiro poço raso na minha aldeia. Eu fiz um pequena bomba de água com sistema hídrico que me serviu por 10 anos; eu também desenvolvi uma ferramenta de software completa baseada em WordPerfect Macros. O segundo: começar pequeno e torne-o lucrativo nesse estado, depois expanda. Na verdade, nunca me ocorreu que havia outro modelo de negócios (como o início grande e reduzir as perdas até o ponto de equilíbrio) até muitos anos em minha jornada de empreendedorismo. Se tivesse, a maioria das coisas que comecei nunca teriam acontecido."

 

Saiba como Haron está criando um cenário ganha-ganha para os agricultores de subsistência e empresas de agro-processamento no Quênia aqui.

 

“Pedagogia do Oprimido” de Paulo Freire - Recomendado por Julio Moure Cortés (México)

 

Por que esse livro? "O livro do educador brasileiro Paulo Freire foi uma fonte de inspiração para muitos de nós que viveram as últimas 4 décadas do século XX. Ele nos ensinou a trabalhar com pessoas e comunidades marginalizadas da perspectiva de consciências libertadoras e a criar a solidariedade através de um diálogo transformador da realidade. Eu acredito que muitos princípios e intuições de Freire ainda são muito importantes e criam força, dignidade e desenvolvimento humano em muitas partes do mundo.”

 

Aprenda como Julio está ensinando saúde, nutrição, educação e desenvolvimento em áreas subdesenvolvidas por meio de escolas inovadoras no México aqui.

 

 

“Feminism is for Everybody: Passonate Politics” de Bell Hooks - Recomendado por Nebahat Akkoc (Turquia)

 

Porque esse livro? "Bell Hooks escreveu um manual com grande simplicidade para que todos possam entender o que é o feminismo; ela explica as políticas feministas que formam a base da sua experiência política, misturando raça e discriminação de classe. Ela organiza solidariedade entre as mulheres enquanto compartilha companheirismo entre homens não-sexistas e o movimento feminista, explicando que embora a preocupação mais importante do movimento feminista seja a violência contra mulheres, isso não se dissolverá a menos que outros tipos de violência também se dissolvam.”

 

Saiba como Nebahat está atendendo às necessidades imediatas e mais críticas das mulheres e melhorando a conscientização sobre seus direitos na Turquia aqui.

 

 

“Primavera Silenciosa” (título original Silent Spring) de Rachel Carson - Recomendado por Prigi Arisandi (Indonésia) e Saleem Samad

(Bangladesh)

 

Por que esse livro? (Prigi): "Quando eu comecei minha jornada para livrar o rio Surabaya da poluição industrial, 'Primavera Silenciosa' foi meu guia, meu livro sagrado que me mostrou como usar evidências científicas para conscientizar sobre a poluição."

Por que esse livro? (Saleem): "'Primavera Silenciosa' é um best-seller explosivo e o mundo inteiro está falando sobre ele. O livro arrepiante aponta o dedo para o descuido, a ganância e irresponsabilidade humana. As palavras 'Primavera Silenciosa' certamente serão escritas no epitáfio da Terra."

 

Saiba como Prigi está catalisando a ação liderada pela comunidade para impedir que a poluição industrial destruam os rios da Indonésia aqui. E saiba como Saleem está capacitando relatórios de base sobre desenvolvimento e questões ambientais em Bangladesh aqui.

 

 

“Geek Heresy” de Kentaro Toyama - Recomendado por Rikin Gandhi (Índia)

 

Por que esse livro?: "Um dos principais cientistas da computação, Kentaro Toyama, compartilha sua jornada ao montar o posto avançado de Pesquisas da Microsoft na Índia. Ao encontrar organizações e pessoas por todo o sul da Ásia e na África Subsaariana e realizar seus próprios experimentos, Kentaro percebe que a tecnologia não é uma marca de prata para questões sociais profundas e é realmente boa apenas para amplificar as forças humanas. Um livro que todo Changemaker que já se perguntou qual o papel da tecnologia na potencialização do seu trabalho deve ler."

 

Veja como o uso da tecnologia de Rikin está possibilitando que pequenos agricultores possam sair da pobreza na Índia aqui.